,

O que é crowdfunding?

O que é crowdfunding?

O que é crowdfunding?

Crowdfunding ou em português, financiamento coletivo, consiste na captação de recursos pela internet através de diversas pessoas para projetos de seu interesse.  Simplificando, o crowdfunding ou mais coloquialmente, a vaquinha, é uma forma de arrecadar recursos para um fim. A premissa nas diferentes modalidades é bastante similar, mas, tanto a arrecadação, quanto o objetivo podem variar.

O que é crowdfunding de doação? É a modalidade aonde você doa dinheiro pela internet para um projeto de seu interesse em troca de uma recompensa; ela pode ser simples – como ter o nome em uma lista de apoiadores, um brinde ou até o produto que esta sendo financiado.

O que é crowdfunding de investimento? Também chamado de equity crowdfunding ou investimento participativo (conforme a CVM) é a modalidade que posibilita que você invista via internet em um projeto de seu interesse e obtenha um retorno financeiro.

O que é crowdfunding imobiliário? O crowdfunding imobiliário é a possibilidade de investir no mercado imobiliário pela internet com pequenas quantias (geralmente a partir de R$ 1 mil) e sem a burocracia envolvida na compra de um imóvel. Importante ressaltar que você não esta comprando um imóvel e sim um título que te da o direito sobre o resultado daquele bem.

 

Como funciona o crowdfunding?

Na maioria dos crowdfundings, o processo é semelhante. Em uma plataforma online, são apresentadas propostas de projetos e o valor necessário para colocar cada um em prática. Por meio dos sites, indivíduos escolhem apoiar um projeto, seja por se identificarem com a proposta, seja pelas recompensas – simples ou financeiras.

O objetivo também muda: no Brasil, existem modelos de crowdfunding para financiar projetos pessoais, eventos culturais, empresas e, agora, empreendimentos imobiliários pela plataforma do URBE.ME.

Entre as plataformas que possibilitam apenas doações, não investimentos, o americano Kickstarter é uma das referências mais conhecidas, com quase 10 milhões de pessoas apoiando 96 mil projetos aproximadamente. No Brasil, existem diversos sites como esse, um exemplo deles é o Catarse, com mais de 2mil projetos apoiados por mais de 245 mil pessoas.

Já em plataformas como o inglês Crowdcube ou como o brasileiro Broota, os projetos são start ups e os indivíduos não doam valores, eles investem. No primeiro, o apoiador recebe em troca ações da empresa; no segundo, títulos de dívida. A proposta nesse tipo de crowdfunding é financiar empresas inteiras e, mais do que apoiar projetos interessantes, as pessoas buscam retorno financeiro como em outras modalidades de investimento.

O URBE.ME é uma plataforma de crowdfunding voltada para o setor imobiliário, assim como a americana Fundrise. Nela, indivíduos investem valores a partir de R$1mil em empreendimentos e, em troca, adquirem o título que lhes confere o direito a uma participação no valor geral de vendas. Sendo a primeira plataforma de crowdfunding imobiliário do país, o URBE.ME também reúne investidores a fim de financiar empreendimentos, possibilitando a um número maior de pessoas o acesso a tal mercado.

Leia mais em: Crowdfunding: a cidade que queremos, projetamos ou apenas financiamos?