,

TIR: o que é e qual sua influência sobre investimentos

TIR: o que é e qual sua influência sobre investimentos

TIR: o que é e qual sua influência sobre investimentos

Quando você assiste nos noticiários na TV ou lê nos jornais sobre a TIR, o que vem a sua mente? Quando você disse para alguém que está pensando em investir, também lhe comentaram sobre a TIR? Vamos interpretar como ela está presente no cotidiano e qual seu significado, não apenas nas decisões das grandes empresas, mas também nas decisões financeiras simples e comuns aos pequenos empresários e investidores.

Mas, afinal, você sabe o que significa TIR?

A origem da palavra e do conceito vem do inglês, que significa Internal Return Rate (IRR), mas a tradução literal é Taxa Interna de Retorno. Em síntese, é uma fórmula de matemática financeira que serve para calcular a taxa de retorno do investimento que está sendo analisado. Vale ressaltar que trata-se da taxa, o percentual de retorno, e não os valores.

Na prática, considere o seguinte:

Você está diante de várias propostas para investir ou antecipar crédito. Evidentemente, você deve analisar cada uma antes de decidir entre X ou Y, concorda? Para se chegar a decisão mais coerente, é essencial que a TIR seja calculada para, entre elas, encontrar a proposta que oferecer maior taxa interna de retorno em relação à taxa de atratividade mínima. Quanto mais alta a TIR, mais indicado o investimento.

Agora, traga esta mesma análise para as propostas de investimento que seu banco ou sua corretora está sugerindo a você. Você poderá realizar o cálculo manualmente seguindo a fórmula base:

 

TIR-taxa-interna-retorno

 

Parece complicado, mas na verdade é um cálculo simples:

Esse cálculo pode ser feito manualmente. Basta saber as informações que correspondem a cada critério.

No entanto, o modo prático e eficiente da tecnologia possibilita a você acessar diversos sites que oferecem planilhas de Excel prontas para realizar a operação. É só descrever sua situação.

Saber a TIR é importante para comparar os índices finais entre os investimentos oferecidos a você, independentemente do tipo, seja fundos, poupança, títulos públicos, etc.

Outro detalhe importante é que a TIR oferece subsídios para analisar o risco das operações, indicando se você prossegue ou abandona, procurando outra opção mais atrativa. Além disso, através do cálculo da taxa, é possível realizar o cálculo de retorno dos mais diferentes tipos de investimentos com o mesmo critério, como por exemplo mesmo valor disponibilizado em tempos diferentes ou valores diferentes com o mesmo tempo, e assim por diante.

Além disso, lembre-se que não é indicado decidir por um investimento sem antes analisá-lo: colete as informações, faça cálculos, pondere, e só depois decida. Afinal, você deve cuidar do seu dinheiro.