,

5 razões que que explicam porque as fintechs são a solução para seus investimentos

5 razões que que explicam porque as fintechs são a solução para seus investimentos

5 razões que que explicam porque as fintechs são a solução para seus investimentos

Conforme explicado em outras postagens no URBE.LAB anteriormente, as fintechs são startups que vêm inovando o setor financeiro com processos baseados puramente em tecnologia. Áreas como conta corrente, cartão de crédito, pagamentos e investimentos estão sendo afetadas por tais empresas.

Agora, o foco é nas fintechs de investimento. Elas surgiram há pouco tempo e já vêm causando impacto positivo tanto no setor, quanto, principalmente, na vida das pessoas. Com modelos de negócio inovadores, elas estão batendo de frente com os players tradicionais do mercado financeiro, que estão sendo obrigados a melhorarem seus serviços devido a ameaça dessas startups. A seguir, são elencados cinco fatores que fazem dessas fintechs a solução para seus investimentos.

 

1 – Modelo disruptivo: as fintechs usam a tecnologia, suas estruturas internas e seus respectivos momentos no mercado a seu favor. Como a maioria ainda busca ganhar fatia de mercado, elas são flexíveis o suficiente para que, a todo momento, analisem a concorrência e o comportamento e feedback dos clientes, com o objetivo de ajustarem seus modelos de negócio às necessidades reais dos investidores. Dessa forma, quem sai ganhando é o investidor.

 

2 – Trazem soluções inovadoras para um problema existente: como conhecem os desejos e problemas enfrentados pelos clientes, as fintechs de investimento usam tecnologia de ponta para disponibilizarem soluções eficientes para tais problemas. Por exemplo, existem fintechs que utilizam robôs para que se possa investir de forma automatizada na Bolsa de Valores, enquanto outras criam carteiras de investimentos de acordo com o perfil do investidor.

 

3 – Facilitam acesso a um mercado historicamente restrito: investir em opções além da caderneta de poupança é algo incomum para a maioria dos brasileiros, uma vez que a poupança é a mais conhecida, segura e fácil opção de investimento. Por consequência disso, as demais opções de investimentos são aproveitadas apenas por aqueles que saem da zona de conforto, buscam conhecimento e desejam desfrutar de melhores resultados – ou seja, é um setor restrito a um seleto grupo de investidores. Para modificar tal cenário, as fintechs de investimento oferecem não apenas uma maneira mais fácil de se investir em várias opções, mas também oferecem conteúdos educativos sobre investimentos para promover tal cultura no país. O URBE.ME, por exemplo, possibilita o acesso do investidor ao mercado imobiliário, antes restrito somente aos grandes investidores.

 

4 – Baixo custo: conforme dito anteriormente, as fintechs usam a tecnologia e suas estruturas internas a seu favor. Dessa forma, conseguem ter equipes e custos enxutos. Como resultado, seus produtos e serviços podem ser oferecidos a preços menores comparados aos dos players tradicionais, oferecendo uma opção mais atrativa para os clientes. Por exemplo, existem startups que oferecem seus serviços sem a cobrança de taxas que são cobradas normalmente por outros players.

 

5 – Sem conflito de interesses: muitos investidores enfrentam problemas com bancos e corretoras, uma vez que sempre pode haver um conflito de interesse entre as partes. Quando se investe através de um banco, o gerente provavelmente estará mais preocupado em oferecer opções que aumentem suas comissões e, além disso, o banco pode determinar que ele ofereça apenas produtos próprios.  Por outro lado, as fintechs de investimento visam melhorar a experiência e os resultados dos investidores, oferecendo sempre as opções que vão de encontro com os objetivos do cliente.

 

Agora que você já sabe as vantagens oferecidas pelas fintechs de investimentos, é hora de agir. Quer investir no setor mais rentável da construção civil? Então veja como funciona o investimento via URBE.ME e torne-se um investidor imobiliário.