Menu fechado

Como se preparar para o mercado imobiliário em 2022

mercado imobiliário em 2022

Entenda como o mercado imobiliário irá se comportar em 2022 e se prepare para ele!

Você já se perguntou como pode se preparar para o mercado imobiliário no ano de 2022?

Isso é algo importantíssimo, já que é com base nessa preparação que você poderá tomar boas decisões, independente dos seus objetivos dentro do mercado.

Por conta disso, decidimos trazer este conteúdo com uma explicação completa de tudo aquilo que você precisa saber para conseguir se preparar para o mercado imobiliário em 2022.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o material que nós aqui da URBE.ME preparamos exclusivamente para você!

Como irá se comportar o mercado imobiliário em 2022.

Como o mercado imobiliário se comportou em 2021?

O que esperar do mercado imobiliário em 2022? 

Como se preparar para o mercado imobiliário em 2022?

Primeiramente, precisamos entender como irá se comportar o mercado imobiliário em 2022.

Nós sabemos que o seu principal objetivo com este conteúdo é entender como se preparar para o mercado — e tudo o que vier a acontecer — neste ano de 2022.

Então, é natural se perguntar: “Porque eu deveria entender como o mercado vai se comportar?”.

Veja, é impossível se preparar para algo desconhecido. Sem saber o que esperar, você ficará suscetível aos mais variados tipos de problemas.

Desse modo, quando somamos a necessidade de se tomar decisões complexas com a falta de informação e com o peso emocional, existem muitas chances de que as coisas dêem errado.

Ao entender o contexto do mercado e como ele vai se comportar, você terá mais chances de tomar boas decisões.

Na prática, será por meio desse entendimento que um investidor poderá concluir que o primeiro semestre talvez não seja o momento ideal para alocar o seu capital em um investimento específico.

Contudo, outra informação pode ser importantíssima para um consumidor definir que este é o momento perfeito para adquirir o seu imóvel.

Entretanto, nenhuma das possibilidades será possível sem essa compreensão de como o mercado imobiliário irá se comportar em 2022.

Sugestão de leitura: Conheça o futuro do mercado imobiliário após a pandemia.

Como o mercado imobiliário se comportou em 2021?

Para conseguirmos entender o futuro do mercado imobiliário, precisamos dar dois passos para trás e entender tudo o que ocorreu no ano de 2021.

Até porque, o mercado é formado pelo seu próprio contexto. Isto é, nada acontece sem que antes tenha existido uma preparação adequada.

Ou seja, tudo aquilo que observarmos no ano de 2022 será uma consequência direta daquilo que aconteceu ao longo do ano de 2021.

Falando sobre 2021, precisamos entender que o mercado imobiliário obteve um grande crescimento por conta de alguns fatores, como:

  • Facilidades para compra de imóveis;
  • Novas linhas de crédito imobiliário;
  • Juros reduzidos;
  • Portabilidade de financiamento;
  • Opções de pausa de parcelas.

Cada um desses fatores contribuiu de forma significativa para a aceleração do mercado, visto que eles tornaram a aquisição de imóveis algo mais simples e acessível para todos ao longo do último ano.

A seguir, vamos falar sobre alguns dos principais pontos do último ano e como eles continuarão impactando o mercado em 2022. Veja:

Recorde de financiamentos imobiliários

No ano de 2021, houve o recorde na contratação de financiamentos imobiliários. 

Além das políticas econômicas desenvolvidas para que isso acontecesse, precisamos destacar que o fator que mais gerou impacto nesse cenário foi a taxa básica de juros do Brasil, mais conhecida como Taxa Selic.

A Selic iniciou em apenas 2% ao ano em 2021. Por ser uma taxa que impacta diretamente todos os juros cobrados no país, os bancos naturalmente conseguiram reduzir suas taxas de crédito.

Assim, mais pessoas poderiam ter acesso ao crédito pagando um valor menor, o que incentivou o consumo.

Infelizmente, durante o ano de 2021 foi possível observar um aumento da Taxa Selic e isso deve continuar acontecendo em 2022.

Todavia, quando analisamos os índices dos últimos anos, passa a ser possível perceber que a nossa taxa básica de juros ainda está muito atrativa.

Aumento da inflação

O ano de 2021 foi marcado por um aumento gradual da inflação que, pouco a pouco, foi sentido pela esmagadora maioria dos brasileiros. No total, tivemos uma inflação acumulada superior a 10%.

Esse aumento de inflação fez ainda mais diferença na vida das pessoas com um menor poder aquisitivo, que foram obrigadas a adiar a compra do seu imóvel por conta da elevação de preços e juros que aconteceu no 2° semestre do ano.

Além disso, o crédito se tornou mais caro durante o decorrer do ano, prejudicando um pouco o boom do mercado.

O que esperar do mercado imobiliário em 2022 

Agora que já sabemos um pouco mais sobre como o mercado imobiliário se comportou em 2021, passa a ser muito mais fácil antecipar o ano de 2022 e entender o que deve acontecer.

Veja a seguir às principais previsões até o momento:

Instabilidade política

A instabilidade política é uma consequência direta das eleições que irão acontecer neste ano.

Essa instabilidade acaba surgindo porque o mercado não sabe com clareza o que vai acontecer já que, dependendo da vitória de determinados candidatos, a situação do país pode ser bastante prejudicada economicamente no longo prazo.

Por conta da falta de previsibilidade, é natural que as grandes empresas e corporações passem a investir menos, já que não conseguem determinar com precisão se terão um retorno sobre os seus investimentos.

Isso acaba impactando o restante do mercado em uma espécie de efeito dominó.

Porém, é importante ressaltar que esse é um movimento totalmente natural e que acontece em todos os períodos de eleição.

Implicações causadas pela pandemia

A pandemia já faz parte da nossa realidade há algum tempo, mas ainda é preciso considerá-la quando falamos de projeções de comportamento do mercado imobiliário para 2022.

O motivo é simples: segundo muitos especialistas, devemos enfrentar uma nova grande onda de contágio entre fevereiro e março deste ano e ela deve impactar o mercado como um todo.

Algumas das consequências da pandemia dentro do mercado imobiliário são:

  • Afastamento de funcionários infectados;
  • Atraso na produção de insumos;
  • Atraso na construção de obras;
  • Lentidão em processos de compra e venda.

Nada disso é suficiente para impedir o movimento de crescimento do mercado, mas não há como negar que, em conjunto com outros fatores, a pandemia ainda terá impactos que farão com que ele cresça mais lentamente.

Busca por imóveis maiores

A busca por imóveis maiores é uma das grandes tendências para o ano de 2022.

Segundo pesquisas, boa parte dos consumidores estão buscando imóveis mais espaçosos, por conta de fatores como:

  • Liberdade;
  • Conforto;
  • Maior facilidade de integração no modelo de trabalho Home Office;

Durante muito tempo o mercado se dirigiu à construção em massa de empreendimentos de tamanho reduzido, principalmente por conta da demanda de boa parte da população por praticidade.

Porém, com a chegada da pandemia e o isolamento, muitas pessoas tiveram tempo para analisarem novamente suas próprias moradias e entenderem que o espaço onde viviam era muito pequeno.

É crucial destacar que isso não é um decreto do fim dos imóveis de tamanho reduzido. De fato, ainda há muito mercado para ser explorado.

Contudo, é interessante entender como empreendimentos mais espaçosos estão voltando a ter uma busca mais acentuada.

É curioso perceber que essa busca foi fomentada pela pandemia, mas deve permanecer mesmo após o seu fim por conta do seu impacto social.

Isso é uma consequência direta do aumento significativo do modelo de trabalho de Home Office e da grande relevância que o mundo digital está assumindo nas mais variadas áreas.

Além da busca por um espaço maior, muitos consumidores estão cada vez mais preocupados em terem opções de lazer dentro do seu lar, ou pelo menos em seu próprio condomínio.

Aquecimento do mercado de alto padrão

O mercado de alto padrão sempre se manteve linear por conta da estabilidade financeira do seu consumidor final.

Aqueles que possuem mais poder aquisitivo dificilmente serão impactados por fatores como o aumento de juros, inflação ou outros aspectos que normalmente impactam o restante do mercado.

Basicamente, isso acontece pelo acúmulo de renda e patrimônio, que proporcionam a liberdade financeira e a autonomia do cliente para adquirir um imóvel sem o auxílio de bancos e outras instituições.

No ano de 2022, devemos enxergar um aumento significativo na busca e aquisição de imóveis de alto padrão, de modo que muitas construtoras e incorporadoras já estão se antecipando a essa projeção e investindo forte no segmento.

Busca constante por imóveis

Segundo estimativas, 4 em cada 10 brasileiros estão dispostos a comprar um imóvel nos próximos 2 anos.

Em outras palavras, devemos continuar tendo um mercado extremamente aquecido tanto em 2022 como em 2023.

Quando somamos essa inclinação natural do brasileiro a adquirir o seu próprio imóvel com um cenário positivo em termos de oportunidades, juros e opções de crédito (em comparação ao histórico até o presente momento), é possível concluir que o mercado imobiliário deve continuar em alta.

Digitalização do mercado

A pandemia forçou uma digitalização do mercado, que deve ganhar ainda mais força em 2022. 

Cada vez mais, será possível observar construtoras, incorporadoras e imobiliárias trabalhando remotamente por meio de sistemas online, de modo que todo o processo de compra seja feito digitalmente.

Isso acaba ganhando ainda mais força pela própria aceitação do mercado. Afinal, acaba havendo um aumento de praticidade gigantesco para o cliente e os demais envolvidos por conta das ações online.

Manutenção da taxa selic

Embora a taxa selic não esteja no mesmo ponto que em 2021, é importante ressaltar que ela está com um ótimo índice para quem deseja comprar imóveis.

Sendo assim, por mais que o crédito esteja um pouco acima do que encontramos anteriormente no mercado, ainda é possível adquiri-lo pagando um valor relativamente bom por ele.

Como se preparar para o mercado imobiliário em 2022

Quer chegar preparado para o mercado imobiliário em 2022? Então, confira as nossas dicas sobre o assunto!

Entenda tudo o que você leu até agora sobre o mercado imobiliário em 2022

Este conteúdo contém um pequeno mapa do ano de 2022 no segmento imobiliário. Por meio dele você já conseguirá ter uma noção ampla de tudo aquilo que pode vir a acontecer.

Em virtude disso, a nossa indicação é de que você o leia novamente e entenda tudo o que foi explicado até aqui.

Acredite: isso já será o suficiente para te dar uma base incrível para o ano de 2022.

Tenha objetivos claros

Embora pareça simples, nós não podemos deixar de dar essa dica: é necessário ter objetivos claros para conseguir se preparar para o mercado imobiliário em 2022.

Caso contrário, fica muito difícil conseguir se preparar para qualquer tipo de cenário que possa vir a ocorrer dentro do mercado.

Se você ainda não tem certeza do que pretende fazer, reserve um tempo para refletir sobre os seus próximos passos.

É a partir dessa reflexão que você passa a conseguir ter clareza sobre o que deseja obter e o que deve ser priorizado para que você possa realizar investimentos que te tragam um ótimo retorno.

Se capacite continuamente

Você só vai conseguir se manter preparado para o mercado se conhecê-lo.

É preciso pesquisar constantemente sobre as principais previsões, estimativas e assuntos relevantes. Quanto mais você se capacitar, maiores serão suas chances de ter excelentes resultados e estar bem preparado.

Vale lembrar que previsões e estimativas podem variar de acordo com situações imprevisíveis que acontecem no mercado, então, você deve manter-se atento à todo instante.

Procure por boas oportunidades no mercado imobiliário em 2022

Se você quer ter bons resultados no mercado imobiliário em 2022, o ideal é ficar atento para as oportunidades e aproveitá-las quando elas chegarem até você.

Ao se manter em uma pesquisa constante, eventualmente você conseguirá encontrar ótimos investimentos.

E uma das melhores formas de encontrar essas oportunidades é com a URBE.ME

A URBE.ME atua como uma intermediária entre você que quer investir e as melhores oportunidades do mercado.

Utilizamos nosso know-how para identificar bons empreendimentos e permitir que você faça seus investimentos por meio do nosso sistema de crowdfunding, que possibilita que diferentes investidores aloquem apenas uma parte do seu capital em um imóvel e financiem sua construção.

Faça o seu cadastro na URBE.ME e recebe às melhores oportunidades do mercado!

Artigos recentes

Copyright © 2014-2020 URBE. All rights reserved.