,

Educação financeira: uma entrevista com Lucas Montano, da Planejei

Educação financeira: uma entrevista com Lucas Montano, da Planejei

Educação financeira: uma entrevista com Lucas Montano, da Planejei

O Planejei é um aplicativo para smartphones que ajuda a trazer foco – do ponto de vista de planejamento financeiro – para os objetivos de vida. Isso é algo bem bacana, considerando que uma parcela considerável da população ainda não tem conhecimento profundo sobre educação financeira, o que torna o “planejar” um desafio. Para o aplicativo, foi desenvolvido um robô, batizado de Marvin, que analisa as finanças do usuário de forma inteligente e entrega metas para ele chegar onde se quer chegar.

Nesta entrevista, exclusiva para o URBE.LAB, Lucas Montano, Co-Fundador & CEO da Planejei, fala sobre educação financeira, planejamento orçamentário e ferramentas aliadas de quem quer cuidar melhor do dinheiro.

 

Confira:

Por que precisamos desenvolver a educação financeira?

Dias desses estava lendo uma notícia que dizia que tem bancos oferecendo financiamento de automóvel em até cinco minutos pelo celular. Esta crescente sofisticação dos produtos oferecidos pelas instituições financeiras aumenta o leque das opções à disposição do cidadão, ao mesmo tempo em que lhe atribui maior responsabilidade pelas escolhas realizadas. Educação financeira se trata de saber os números e os termos e, assim como existe analfabetos funcionais, também existe uma grande parte da população que conhece os termos, mas não os compreende o suficiente para colocar em prática.

Robert Kiyosaki, autor do livro “Pai Rico, Pai Pobre”, descreve alguns dos maiores motivos que levam as pessoas a passarem por problemas financeiros. Um deles é a falta de compreensão do que é um Asset (ativo) e um Liability (compromisso, responsabilidade). Quando você compra uma casa para você morar, você está assumindo uma responsabilidade, um compromisso. A sua casa não é um ativo, ela não gera receita para você. O mesmo podemos dizer de quando você compra um carro.

“A Educação Financeira é um processo que contribui, de modo consistente, para a formação de indivíduos e sociedades responsáveis, comprometidos com o futuro.” — Banco Central.

Qual é a realidade do Brasil neste quesito?

Por si só, finanças é assunto complexo. E isto, num país que ainda investe muito pouco em educação financeira, gera um cenário de brasileiros pobres e ricos que ainda não sabem tomar decisões financeiras adequadas para a sua realidade.

E, na realidade, educação financeira ainda é um problema no mundo todo, não somente no Brasil. A maioria das pessoas já está sobrecarregada com a geração de renda e compromissos do dia a dia e pouco tempo sobra para refletir sobre suas finanças e colocar em prática o que estão lendo e consumindo de conteúdo financeiro.

Esta é a importância de se criar uma ferramenta que auxilie nesta educação. Quando criamos o Marvin foi justamente para que todo mundo possa ter controle do seu dinheiro, colocando a educação financeira na prática, sem precisar ficar fissurado e estressado com isto.

Portanto, Planejei e Marvin aparecem como aliados neste desenvolvimento de educação financeira, certo?

O Planejei é um aplicativo que ajuda no gerenciamento financeiro pessoal de forma simples e automática. Nós criamos o Marvin, um assistente financeiro virtual que se conecta em todas contas bancárias do usuário, categorizando as informações de forma automática e ajudando no entendimento de suas finanças.

Por se tratar de uma solução gratuita, é preciso solicitar um convite para ter acesso ao Marvin. Esta foi a forma que encontramos para atender todos com extrema qualidade, sem onerar o usuário com taxas e mensalidades.

Como vocês chegaram nesta plataforma? O que motivou?

Uma das motivações do Planejei é criação de uma empresa que resolve um problema real. Quando falamos de finanças pessoais, podemos dizer que todo mundo, não importa a escolaridade ou a situação financeira, sofre de estresse financeiro. O estresse pode vir por não ganhar dinheiro suficiente ou até mesmo por ter dinheiro sobrando e não saber como investir ele.

O que buscam os usuários da Planejei?

Nossos usuários possuem múltiplos objetivos, o que é excelente para quem busca ter uma vida financeira saudável. Ao listar seus objetivos e definir a prioridade deles, você passa a ter maior controle do seu futuro, enxergando assim como suas decisões e seus hábitos influenciam na realização destes.

O objetivo mais cadastrado na Planejei é o de viagem: cerca de 27% dos usuários pretendem viajar nos próximos 12 meses. Este número não foge muito dos 21,3% levantados em uma pesquisa nacional feita pela Fundação Getúlio Vargas.

O objetivo de viagem é seguido por objetivos de consumo de bens menores, acumulo de capital, compra de automóveis, moradia e eletrônicos.

Após entender minha situação atual, qual o caminho para chegar no objetivo desejado?

Esta é uma das perguntas mais enviadas por nossos usuários e, respondendo de forma direta, só existem dois caminhos: você pode abrir mão de alguns hábitos e economizar ou você deve aumentar sua renda, buscando um extra, um melhor rendimento em seus investimentos ou conseguindo um aumento salarial.

Como eu posso usar o Marvin para alcançar meus objetivos?

O primeiro passo pra alcançar seus objetivos financeiros é parecido com qualquer outro objetivo. Se você quer emagrecer, arrumar sua casa ou melhorar sua saúde, primeiro você tem que compreender a situação atual.

Muitas vezes o valor que é preciso poupar por mês para alcançar um objetivo não condiz com o que realmente queremos e podemos sacrificar em nosso dia a dia. O Marvin ajuda você a compreender para onde seu dinheiro está indo e como você tem se desempenhado.

“Aquele que tiver paciência terá o que deseja.” — Benjamim Franklin.

 

Aproveite: parceria Planejei + URBE.ME

Para usuários do URBE.ME, a Planejei criou este link exclusivo.

O convite é gerado instantaneamente ao inserir apenas o nome e e-mail. Com o convite, basta baixar o aplicativo na App Store ou Google Play e inserir sua “sequência emoji” (você entenderá quando receber o convite).

Clique aqui para obter o seu convite.