,

A cidade sustentável passa pelo conceito de Walkability

A cidade sustentável passa pelo conceito de Walkability

A cidade sustentável passa pelo conceito de Walkability

Muitas vezes, o deslocamento a pé deixa de ser uma opção atrativa, seja por tornar-se uma disputa por espaço com veículos motorizados, seja pela quantidade de obstáculos até o destino. Algumas medidas em relação ao planejamento urbano podem incentivar o caminhar, proporcionando benefícios à cidade e ao indivíduo.

Walkability é o termo, em inglês, referente ao quanto uma área é apropriada para o caminhar; ele está relacionado à fluidez do deslocamento a pé, nas calçadas e nas travessias. Não existe um consenso sobre quais indicadores medem a walkability de uma determinada região, mas é possível destacar alguns pontos importantes como a conectividade das ruas, a presença de passeios adequados e a sensação de segurança.

Leia mais…

Em 30 anos, a população urbana mundial deve ultrapassar as 6 bilhões de pessoas

Em 30 anos, a população urbana mundial deve ultrapassar as 6 bilhões de pessoas

Em 30 anos, a população urbana mundial deve ultrapassar as 6 bilhões de pessoas

Dia 11 de julho, celebra-se o Dia Mundial da População. A data foi criada pelas Nações Unidas (ONU) em 1989.

A cada 19 segundos a população brasileira aumenta. Esse é o tempo médio estimado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Uma das classificações da população é entre urbana e rural, sendo a primeira, no Brasil, equivalente a 84,36% do total e a segunda a 15,64%. Entre 1980 e 2010, data do último censo demográfico, registra-se o crescimento da população urbana em 20% aproximadamente, marcando o crescimento mais acelerado na segunda metade do século XX.

Leia mais…

A demanda por espaço gera densidade, independentemente da verticalização

A demanda por espaço gera densidade, independentemente da verticalização

A demanda por espaço gera densidade, independentemente da verticalização

A densidade, como um processo orgânico, pode acontecer de diversas formas. Porém, existe uma tentativa de controle sobre o adensamento populacional.

Embora o adensamento seja um processo orgânico, movido pela quantidade de pessoas dispostas a morar em um determinado lugar, existe a tentativa de pré-determinar quais espaços serão esses e redirecionar a demanda. Conforme o urbanista e editor do Caos Planejado, Anthony Ling, preços de moradias, algumas vezes, são elevados para restringir a densidade em uma região. O movimento contrário também acontece, busca-se aumentar a densidade construindo em determinado lugar. Para Ling, tentativas de controle são ineficientes, pois o adensamento parte das pessoas. Citando o pesquisador e urbanista Alain Bertaud, Ling afirma: “O único lugar em que Bertaud percebeu que as pessoas conseguiam determinar a densidade foi na África durante o Apartheid”.

Leia mais…

Impactos ambientais: do planejamento ao edifício construído

Impactos ambientais: do planejamento ao edifício construído

Impactos ambientais: do planejamento ao edifício construído

Para fechar a Semana do Meio Ambiente, vamos tratar sobre a relação entre as construções e os impactos causados por elas ao meio ambiente:

Economizar energia é uma das mais importantes formas de diminuir o impacto negativo causado pelas construções ao meio ambiente. A afirmação é do arquiteto e coordenador do grupo de inovação e sustentabilidade da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura do Rio Grande do Sul (Asbea – RS), Klaus Bohne. Construções projetadas prevendo um melhor desempenho energético possibilitam a diminuição do uso de energia gerada por termoelétricas e hidroelétricas, fontes bastante utilizadas no Brasil, reduzindo, assim, os males por elas gerados.

Leia mais…

Riscos em menor escala: como é o investimento por meio do URBE.ME

Riscos em menor escala: como é o investimento por meio do URBE.ME

Riscos em menor escala: como é o investimento por meio do URBE.ME

A plataforma de crowdfunding imobiliário do URBE.ME possibilita um menor investimento financeiro, reduzindo a escala de riscos. Entenda como funciona:

O investimento por meio da plataforma do URBE.ME apresenta os mesmos riscos que qualquer outro investimento no mercado imobiliário. Contudo, o valor investido pode ser menor, reduzindo a escala de risco e aumentando a transparência e o controle. Isso acontece porque a plataforma foi desenvolvida primando pela segurança e pela viabilidade, possibilitando investimentos a partir de mil reais, realizados online por meio de crowdfunding.

Leia mais…

O que acontece quando o primeiro empreendimento surgir na plataforma do URBE.ME?

O que acontece quando o primeiro empreendimento surgir na plataforma do URBE.ME?

O que acontece quando o primeiro empreendimento surgir na plataforma do URBE.ME?

Quando o primeiro projeto estiver disponível no URBE.ME para investimento, você poderá investir de forma simples e com segurança. Entenda:

Enquanto você se cadastra na plataforma, o URBE.ME seleciona empreendimentos e avalia se eles preenchem os pré-requisitos necessários para que o financiamento coletivo possa começar. Assim, quando o primeiro projeto estiver aberto para captação, você saberá que há viabilidade econômica e impacto urbano positivo.

Leia mais…

Manifesto

Manifesto

Manifesto

O Urbe.me foi criado a partir da vontade de melhorar o espaço em que se vive e de possibilitar que as decisões sejam tomadas por iniciativa dos indivíduos, não apenas dos grandes investidores.

Buscamos fomentar projetos com impacto urbano positivo, dar oportunidade para empreendedores com boas ideias e para novos investidores. Pensamos no Urbe.me como um espaço em que as pessoas consigam realizar seus sonhos: o sonho de construir projetos autorais; o sonho de participar da transformação da cidade; o sonho de apoiar mudanças nas quais acreditam.

Leia mais…